Notas

Batendo ponto…

8 de julho de 2019

Os servidores públicos federais de todo o Brasil serão obrigados a bater o ponto por meio eletrônico.

A exigência vai atingir 410 mil funcionários de um total de 580 mil servidores do Executivo.

O processo de implantação do controle de frequência eletrônico para todos os servidores deve durar 12 meses.

E vai pôr fim em definitivo ao controle do ponto que é feito ainda em papel.
Ficarão de fora do controle de frequência os 146 mil professores das universidades públicas federais, que já eram dispensados de bater ponto.

Funcionários em cargos de chefia, com função comissionada (DAS) de número 4 a 6, ocupados por funcionários do alto escalão do governo, como secretários, também não estarão sujeitos ao ponto.

Se o servidor não justificar uma eventual ausência, o dia será cortado no salário, assim como ocorre na iniciativa privada.

O controle poderá ser feito por computador, pela digital ou até mesmo por meio de um aplicativo instalado no celular.

falecommagal@gmail.com
© Francisco Magalhães. Todos os direitos reservados.