Crônicas Políticas

O fator Doutor Pessoa

2 de setembro de 2019

O doutor Pessoa se filiou ao MDB. Foi um evento prestigiado por lideranças do partido e também de outras legendas. O médico é apontado como o principal nome da sigla para disputar a prefeitura de Teresina em 2020. O ex-deputado chegou ao MDB com um discurso de união. Ele diz que vai querer contar com até com o vereador Luiz Lobão, que também desejar ser candidato a prefeito de Teresina pelo PMDB. O presidente municipal, deputado Themístocles Filho, afirma que a vinda do Dr. Pessoa vai fortalece a sigla. O presidente estadual, senador Marcelo Castro, diz que o partido vai se unir em torno do nome do doutor Pessoa. Segundo ele, o MDB pretende forma uma chapa com ex-deputados concorrendo a vagas na Câmara Municipal de Teresina. Entre eles, Antonio Félix e Cabelouro. O partido também aposta em Flávia Barbosa, que na eleição para senado obteve 14 mil votos. Segundo Themístocles Sampaio, com a candidatura do Doutor Pessoa puxando votos, o partido terá condições de eleger entre 4 a 5 vereadores em Teresina.

Piscando para Bolsonaro

26 de agosto de 2019

Wellington Dias deu o tom da reunião do Consórcio Nordeste realizada em Teresina. Como anfitrião do evento, o governador dos piauienses evitou polêmicas na área política. Principalmente com o presidente Jair Bolsonaro, como ocorreu no primeiro encontro lá Bahia. O petista preferiu conduzir o encontro na direção do setor administrativo. A ênfase principal foi a preparação do edital do sistema de compra conjunta na área da saúde. O que é uma boa opção para baratear e organizar as compras de remédios, por exemplo.
Os governadores anunciaram uma outra meta do Consórcio. É a ação integrada na área da segurança pública. E também a rodada de negociações para atrair investimentos para o Nordeste, tanto do próprio Brasil quanto externos. E, olha aí mais uma vez ênfase administrativa ao invés de política, uma integração da região com o Governo Bolsonaro, através da Sudene. Essa política com P maiúsculo da Carta de Teresina, elabora pelos governadores nordestinos, é fundamental o estreitamento das relações com o governo federal, os municípios e o setor privado.

Tucanos bicando a oposição

19 de agosto de 2019

Sempre Alerta.
O slogan dos escoteiros pode ser aplicado para definir nesse momento a estratégia eleitoral dos tucanos teresinenses.
É que o grupo político do prefeito Firmino Filho está acompanhando de olhos bem abertos e ouvidos atentos os movimentos nos bastidores da oposição.
E, olhem bem, principalmente, as articulações que tentar armar palanques para o lançamento de pré-candidaturas.
E, é lógico, as prováveis coligações para disputar a sucessão na prefeitura no próximo ano.
Segundo o presidente municipal do PSDB, o vereador teresinense Edson Melo, a estratégia é esperar primeiro a formação de todas as chapas da oposição.
O experiente parlamentar diz que o lançamento de uma candidatura tucana agora iria prejudicar a administração do prefeito Firmino Filho.
Mas a movimentação no ninho tucano é visível.
Dois exemplos, as prováveis filiações ao PSDB dos vereadores de Teresina Venâncio Cardoso, do PP, e Ítalo Barros, do PTC.
Senhores e senhoras, façam suas apostas eleitorais.

Bolsonaro, o prefeito do Brasil

12 de agosto de 2019

O presidente Jair Bolsonaro pretende reeditar na campanha municipal de 2020 o cenário político que o levou ao comando do Palácio do Planalto.

Disposto a atuar como cabo eleitoral, vem estimulado aliados políticos a se lançarem candidatos em capitais.

E o faz com o discurso de que dará apoio a nomes que defendam as iniciativas de seu governo.

A ideia é reproduzir a polarização da última eleição presidencial.

É uma tentativa de fortalecer o Planalto e frear o avanço da esquerda.

Vamos a dois exemplos em grandes centros eleitorais do país.

Bolsonaro está estimulando a deputada federal do PSL Joyce Hasselman, líder do governo na Câmara, a sair candidata a prefeita de São Paulo.

No Rio de Janeiro, o deputado estadual Rodrigo Amorim, também do PSL, foi lançado como pré-candidato na sucessão do prefeito Marcelo Crivella.

Jair Bolsonaro vai apoiar outras candidaturas alinhadas ao seu governo, mas não necessariamente elas precisam ser de seu partido, o PSL.

Agora, eu pergunto ao seu título de eleitor: quem o presidente Bolsonaro lançará para a disputa na prefeitura de Teresina?

PT contra Firmino Filho

5 de agosto de 2019

O governador Wellington Dias vai fazer uma convocação para a seccional piauiense do Partido dos Trabalhadores.
Ele quer discutir estratégias eleitorais para o ano próximo.
O líder do PT pretende iniciar as discussões sobre as estratégias eleitorais para a disputa nas Prefeituras e nas Câmara Municipais em todo o Estado.
Claro e escuro que a principal pauta será como a legenda pretende disputar a prefeitura da capital dos piauienses.
A decisão é sobre ter uma ou não uma candidatura própria; e se vai fazer coligação e com quais partidos.
As disputas em algumas cidades do interior do Estado também serão determinantes para o futuro do PT na política piauiense.
Entre elas, podemos citar uma região Norte, Parnaíba, o segundo maior colégio eleitoral do Piauí.
E outra na região sul, a cidade modelo de Picos.
Na opinião de Wellington Dias, o PT deve lançar um candidato próprio para disputar a sucessão de Firmino Filho.
E só pensar em coligações no segundo turno.
Os militantes das diversas correntes internas do partido concordam com ele?

Rejane Dias e o suicídio

22 de julho de 2019

A Câmara dos Deputados está analisando um projeto de lei Rejane Dias sobre a prevenção ao suicídio e à automutilação.

Ele vai combater a proliferação nas redes sociais de conteúdo sobre esses dois temas e também a responsabilização dos provedores da internet.

O texto propõe a retirada de conteúdos nas redes que induzam, instiguem ou auxiliem o suicídio ou a automutilação, além da possibilidade de envio de denúncias.

O último dado publicado no Brasil aponta, a cada ano, mais de 11 mil mortes por suicídio.

Em 2016, em média, houve um caso a cada 46 minutos.

falecommagal@gmail.com
© Francisco Magalhães. Todos os direitos reservados.